Radio Montreal na Real

Não aprendi dizer Adeus!

Por Marcio Ribeiro

É difícil colocar um ponto final. Assimilar que tudo, em algum momento, vai chegar ao seu final. Das melhores às piores coisas. Como já dizia o ditado popular “Não há mal que sempre dure, nem bem que não acabe”. Mas confesso que mesmo entendendo isso, escrever as palavras sobre um projeto de 3 anos que demandou tanto trabalho, gasto fisico, mental, estresse, mas que ajudou tanta gente não é das tarefas mais fáceis. O que começou como apenas uma vontade de falar sobre a descoberta dessa terra nova e tão rica, acabou virando algo sério. Virou canal no YouTube, site, até programa de radio e podcast (quem diria?!). E algo que é tão sério, feito com tanto esmero e tanto carinho, deve ser tratado da maneira que merece. Com atenção, carinho e dedicação total. Algo que nesse momento não podemos garantir. Eu não posso.

O Montreal na Real começou em 2014 comigo e Rogério Tanganelli fazendo vídeos no YouTube com uma pegada mais jornalística, prezando pelo apuro das informações e edição. No ano seguinte, recebemos o convite da Cida de Roussan para assumirmos o horário brasileiro na Rádio Centre-Ville. E a partir de então o trabalho só cresceu. Com um programa semanal, necessidade de apuração, produção, busca por entrevistados que tivessem conteúdo e falassem português, divulgação, atualização das redes sociais, repostas aos ouvintes e seguidores….E sendo algo sendo feito apenas como um projeto paralelo e por recém-chegados, que além de pesquisar sobre a vida no Canadá, também viviam a dor e a delicia de morar nesse novo país. Vieram as ajudas preciosas de Janaína Nicolau e Auro Moura e resolvemos expandir ainda mais trocando o layout de blog para um portal, com o trabalho sensacional do Julian Romero. Tivemos uma ou outra parceria comercial, fizemos evento para levantar fundos para a rádio (um sucesso, com feijoada e muita música brasileira). Chegamos a pensar em profissionalizar de vez o projeto. Mas todos os envolvidos era recém-chegados. E um a um eles foram seguindo seus caminhos. Uns tinham cegép para fazer, faculdade para terminar, outros arrumaram empregos, tinham família para cuidar, viagens para o Brasil e a equipe se dispersou. Cheguei a pensar em trazer uma nova equipe. Chamei pessoas para colaborar com o site informalmente, mas já não era a mesma coisa. Não havia a mesma dedicação. E aos poucos eu também fui me desligando, mesmo sem querer dar o braço a torcer.

Depois de aproximadamente um ano afastado, Rogério voltou a atualizar o site com mais frequencia, mas logo decidiu sair do projeto novamente. E eu que já estava mais afastado do que atuante, me dedicando apenas à nossa página no Facebook, percebi que o Montreal na Real já não existia mais. Sem Rogério, Cida, Janaína, Auro, sem tempo, dedicação e aquela empolgação para buscar um olhar mais profundo sobre a cidade e suas questões pertinentes à comunidade brasileira, percebi que era hora de desapegar. Montreal na Real se tornou um projeto muito maior do que esperávamos, maior que seus criadores, mas que merece ser tocado com o carinho que investimos nele. Por isso, agora  a decisão de colocar um ponto final. Com a sensação do dever cumprido. Em paz de que chegamos mais longe do que esperávamos. De que a viagem foi muito mais importante que o destino final.

O site vai continuar no ar sem ser atualizado para ajudar futuros imigrantes com o conteúdo já existente e, por enquanto, a página no Facebook também (até porque eu não me aguento e eventualmente vou querer postar algo sobre a vida nas Terras Geladas! E não quero perder o contato com vocês!). Quem sabe num futuro próximo vocês terão notícias de um outro projeto, com outro foco, feito de maneira mais leve, menos trabalhosa para que a gente continue trocando idéias!

Obrigado a quem nos acompanhou nessa jornada, às críticas e aos amigos que fiz graças ao Montreal na Real. Esses continuam sempre! E quem quiser ou precisar entrar em contato, mande mensagem pelo Facebook que estarei de olho por lá.

Nos vemos por aí…

Abraços

Textos relacionados

#54 – Recordar é viver O ano novo, vida nova. Mas antes de virarmos mais uma página nessa caminhada, vamos lembrar de momentos bons que marcaram nosso programa. Com o período de festas e férias na rádio, resolvemos fazer uma espécie de resumo de tudo que aconteceu no Montreal na Real no ano passado . Selecionamos techos de entrevistas que deram o que falar, com informaçõ...
#52 – Bancos alimentares, centros comunitári... O Canadá é o terceiro colocado no ranking de pessoas mais generosas do mundo, com 44% da população doando tempo às organizações sem fins lucrativos. São 16 milhões de pessoas fazendo voluntariado no país!  E o imigrante tem à sua disposição inúmeros centros comunitários que oferecem desde apoio psicológico, à ajuda na busca por emprego, orientação ...
Atenção: Sistema online do processo de imigração p... Atenção você que sonha imigrar para o Canadá através do programa de trabalhados qualificado de Québec!A partir do dia (05/01) o sistema online chamado Mon Projet Québec estará disponível para todos aqueles que pretendem enviar uma demanda nessa leva que vai de 18 de janeiro a 31 de março e contemplará 2800 pedidos. Apesar de só começar a rec...
10 sugestões de séries canadenses (ou filmadas no ... Para quem é fã de série não pode deixar de conferir os seriados canadenses ou filmados no Canadá. O Canadá possui uma grande indústria de cinema (já falamos sobre isso aqui), graças a uma política de isenções e incentivos fiscais e o preço dólar canadense ser mais barato que o americano. O mesmo acontece com as séries de TV. Além de possuir produçõ...

Sobre o autor
Marcio Ribeiro

Marcio Ribeiro

Comunicador, cineasta, empreendedor, imigrante, apaixonado por Montreal.


Comentários 2

  1. Ana Tereza Castro

    Marciooooo , Montreal na Real ficará no meu coração e tenho certeza que ficará também no coração de muitas pessoas que curtiram vocês nesses três anos ! Parabéns pelo dever cumprido Márcio de Rogerio

  2. Sammy Madalosso

    É uma pena que esse lindo projeto chegou ao fim. Ele achou muito a minha pesquisa sobre o Canada, eu escutei todas as materias que voces fizeram o que foi fundamental para minha preparaçao. Ja estou em Montreal ha 1 ano e sou muito grata pelo conteudo que voces com tanta dedicaçao disponibilizaram para a comunidade. Se um dia voces voltarem gostaria de acompanhar e contribuir de alguma forma, porque é muito lindo o projeto de ajudar o proximo. Parabéns !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.