Política | Textos | Vida no Canadá

Política canadense pega fogo como no Brasil…ou não…

Por Marcio Ribeiro

Enquanto na pátria mãe gentil o bicho pega com a presidente Dilma Roussef afastada pela abertura do processo de impeachment, opositores comemoram, situacionistas reclamam de golpe, os deputados Bolsonaro e Jean Willys trocam afeto através do lançamento de saliva à distância e demais fatores que estão fazendo o Brasil debater política através das redes sociais, aqui no Canadá o clima também esquentou.

Esquentou tipo…primavera canadense. Quando 13 graus já é motivo para ccolocar short, camiseta, pedir licença a qualquer ser vivo pelo caminho e dar uma corrida no parque.

Ontem o queridinho novo Primeiro Ministro Justin Trudeau lembrou seus tempos de boxeador e quase nocauteou uma indefesa moça em plena House of Commons, o Parlamento Canadense. Pelo menos é dessa maneira que a imprensa tratou o caso e as redes sociais se refestelaram com a  treta que mais parece uma briguinha de meninos do ensino colegial quando a professora sai da classe. Aqui vai a explicação do caso (tentando ser o mais imparcial possível)

Cada votação no parlamento deve seguir alguns rituais, que para nós brasileiros parecem meio arcaicos, estranhos, mas para os canadenses esses rituais devem ser seguidos e respeitados. Um desses rituais acontece da seguinte maneira. Antes da votação um membro do governo e um da oposição devem andar juntos antes de tomarem seus lugares e anunciarem que a casa está pronta para a votação. Mas ontem, quando os dois políticos iniciaram a tal caminhada, alguns membros do NPD, o terceiro maior partido do Canadá, fizeram uma barreira para impedir a passagem do conservador Gord Brown, como uma maneira de atrasar a votação. “Fulo”da vida com a atitude de seus colegas, o Primeiro Ministro saiu de seu lugar para abrir passagem ao Mr. Brown, puxando-o pelo braço (segundo relatos ele ainda, carinhosamente proferiu ” get the fuck out of my way”, do latim “saaaaaaaaiiiii da minha frente cacete!). No entanto,em seu movimento, Trudeau deu uma ombrada em Ruth Ellen Brosseau, uma deputada que estava posicionada atrás dele, ali no meio do fuzuê.

Booom!! Os ânimos afloraram de vez. Tom Mulcair, líder do NPD e derrotado por Trudeau nas últimas eleições explodiu em berros e xingamentos, revoltado com a atitude do comandante da nação, acusando-o de ter agredito uma mulher dentro do Parlamento. Algo imperdoável. Após o que parece ter sido um gesto para alcançar a deputada, que deixou o local logo após o incendente, os dois líderes bateram boca numa cena pouco comum por essas bandas.

Tire suas conclusões no vídeo veiculado pela CBC

Rápido no gatilho e preocupado com sua imagem após o fato, Justin Trudeau fez mea culpa, pediu desculpas por sua atitude diante dos presentes, correu para as redes sociais e fez o seguinte post.

Untitled-1

 

Mas foi um prato cheio para a imprensa, opositores e as redes sociais que se dividem entrem aqueles que amam e quem considera o Prime Minister um mauricinho que só quer aparecer. E você? Acha que foi um acidente sem importância e que a repercussão é apenas falta de assunto? Ou acha que foi um incidente sério, grave, que deve ser discutido amplamente?

Deixe aí nos comentários para a gente trocar uma idéia

 

 

 

Textos relacionados

Montreal receberá a maior Roda Gigante do Canadá e... A atração será instalada num dos principais locais turísticos da cidade, o Vieux-Port. A roda gigante será o maior ponto de observação da cidade. O topo se encontrará a 60 metros do solo. As cabines serão protegidas e adapatadas para o inverno e verão. A roda gigante funcionará o ano todo, inclusive nos períodos de neve intensa. Do alto será po...
10 hábitos que adquiri em Québec Já disseram muitas vezes por aí: imigrar é recomeçar. Reformulo: imigrar é aprender tudo de novo. Sabe aqueles hábitos que você tem e que passam despercebidos porque eles acabam se tornando parte da sua rotina cotidiana no Brasil? Sim, tínhamos vários hábitos e será até assunto para um próximo post, mas para exemplificar, tínhamos o hábito de pe...
#5- Como lidar com o frio Nesse programa tivemos a participação da psicóloga Elisângela Siqueira, direto de São Paulo, para falar um pouco sobre os efeitos psicológicos do longo inverno, como não se abater com o choque do frio e seu trabalho atendendo pacientes no Canadá através da internet. Direto dos Estados Unidos,  a atleta de snowboard Allana Leite, esclareceu um pouco...
#61 – A importância do networking/réseautage... O ser humano é um animal social. E como já diz o ditado africano "quer ir rápido, vá sozinho. Quer ir longe, vá acompanhado". Isso serve para a vida. Mas quando transportamos para a realidade do imigrante, esse mindset é ainda mais importante. Porque devemos criar uma rede de contatos ainda antes de sair do Brasil? Como criar essa rede? Qual a impo...

Sobre o autor
Marcio Ribeiro

Marcio Ribeiro

Comunicador, cineasta, empreendedor, imigrante, apaixonado por Montreal.


Comentários 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.