Imigração | Radio Montreal na Real

#63 – O Dark Side da imigração

Por montrealnareal
[Toca a Marcha Imperial aí DJ]  – Crise política, crise econômica, cada vez mais acesso à informação sobre a vida fora do Brasil. Tudo isso gera um sentimento de que a vida no exterior é mais fácil e que a solução de todos os problemas é ter um visto para morar em outro país. No nosso caso, o Canadá. Se você pensa assim, melhor começar a rever seus conceitos. Montreal na Real está aqui para te contar algumas verdades. Para isso, no nosso programa na Radio Centre-Ville dessa semana, convidamos um time de elite para debater conosco. Produtores de conteúdo acostumados a ajudar outras pessoas a se informarem sobre a vida nas Terras Geladas e que sentem na pele a dor e a delícia de ser imigrante no Canadá.

Gianni Bueno, atuante nas redes sociais desde que resolveu se mudar para Ville de Québec e criador do site Purê no Hot Dog, onde trata dos processos de imigração e a burocracia para se chegar até aqui. Ele nos fala porque morar fora do Brasil não é esse mar de rosas. Quais dificuldades enfrentamos a partir do momento que o Ministério da Imigração carimba nosso passaporte? De Ottawa, Masaru Hoshi – o Japa –  e seu parceiro Lindoberg Gonçalves – o Berg Lindo – de Ville de Québec, e criadores do PoDeixar e Canadá Agora, debatem conosco como tentar diminuir essas dificuldades e as peculiaridades entre lado francês e inglês do Canadá. Bruno Rossetim, do canal do YouTube Canadá em Português, também responde diariamente as dúvidas de futuros imigrantes. Depois de seis anos morando por aqui, quais são as dificuldades que ele ainda enfrenta? A participação mais que especial de quem nos acompanha nas redes sociais e que responderam à nossa enquete.

Além deles, as opiniões dos apresentadores Marcio Ribeiro e Cida de Roussan.

Montreal na Real vai ao ar todas as terças-feiras às 17h30 (horário de Montreal) no 102,3 FM Radio Centre-Ville.

Clique no play para ouvir ou em download para baixar a versão mp3 do podcast.

Aplicativos para você ouvir o Montreal na Real no seu Smartphone:

Android

IOS

Assine nosso feed no Itunes e ajude-nos a continuar criando conteúdo, compartilhando, indicando para seus amigos e nos dando uma avaliação positiva no Itunes

 

Reproduzir

Textos relacionados

62 – Volta ao mundo com Travel and Share Já imaginou largar emprego, vender tudo e cair na estrada sem rumo, conhecendo o mundo né? O casal Rômulo Wolff e Mirella Rabelo não ficaram só na vontade e a bordo da Gallega (uma Nissan Frontier muito simpática) estão na estrada desde janeiro de 2015 e já passaram por 16 países! Em sua parada por Montreal, Rômulo nos contou um pouco dessa históri...
#1 – Primeiros Passos de um novo residente https://www.youtube.com/watch?v=5_pnLH-TrxQ&lc=z12ds5hzftaphhdru04cdno40wu4d1bhfas Na reportagem de hoje o Montreal na Real traça um passo a passo informativo sobre os primeiros passos do recém-chegado ao seu novo país. A matéria da série "Primeiros Passos"  vai mostrar como e onde tirar os documentos necessários para seu estabelecimento nas t...
#15 – Notário, o desenrolador de burocracia,... Está vivendo seu sonho de morar nas Terras Geladas e resolveu se casar. Ou fazer a hipoteca da casa. Quem sabe seu testamento, pensando no futuro dos filhos. Quer assinar aquele contrato de união estável. Quem resolve isso tudo? Como proceder? Para responder a essas e demais questões, Macio Ribeiro e Janaína Nicolau recebem na Radio Centre-Ville...
#61 – A importância do networking/réseautage... O ser humano é um animal social. E como já diz o ditado africano "quer ir rápido, vá sozinho. Quer ir longe, vá acompanhado". Isso serve para a vida. Mas quando transportamos para a realidade do imigrante, esse mindset é ainda mais importante. Porque devemos criar uma rede de contatos ainda antes de sair do Brasil? Como criar essa rede? Qual a impo...

Sobre o autor

montrealnareal

Facebook Twitter

A vida como ela é no lado francês do Canadá! Programas de rádio, vídeos, textos, produzidos por jornalistas, como participação de especialistas! No ar desde julho de 2014.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.