Imigração | Radio Montreal na Real

#63 – O Dark Side da imigração

Por montrealnareal
[Toca a Marcha Imperial aí DJ]  – Crise política, crise econômica, cada vez mais acesso à informação sobre a vida fora do Brasil. Tudo isso gera um sentimento de que a vida no exterior é mais fácil e que a solução de todos os problemas é ter um visto para morar em outro país. No nosso caso, o Canadá. Se você pensa assim, melhor começar a rever seus conceitos. Montreal na Real está aqui para te contar algumas verdades. Para isso, no nosso programa na Radio Centre-Ville dessa semana, convidamos um time de elite para debater conosco. Produtores de conteúdo acostumados a ajudar outras pessoas a se informarem sobre a vida nas Terras Geladas e que sentem na pele a dor e a delícia de ser imigrante no Canadá.

Gianni Bueno, atuante nas redes sociais desde que resolveu se mudar para Ville de Québec e criador do site Purê no Hot Dog, onde trata dos processos de imigração e a burocracia para se chegar até aqui. Ele nos fala porque morar fora do Brasil não é esse mar de rosas. Quais dificuldades enfrentamos a partir do momento que o Ministério da Imigração carimba nosso passaporte? De Ottawa, Masaru Hoshi – o Japa –  e seu parceiro Lindoberg Gonçalves – o Berg Lindo – de Ville de Québec, e criadores do PoDeixar e Canadá Agora, debatem conosco como tentar diminuir essas dificuldades e as peculiaridades entre lado francês e inglês do Canadá. Bruno Rossetim, do canal do YouTube Canadá em Português, também responde diariamente as dúvidas de futuros imigrantes. Depois de seis anos morando por aqui, quais são as dificuldades que ele ainda enfrenta? A participação mais que especial de quem nos acompanha nas redes sociais e que responderam à nossa enquete.

Além deles, as opiniões dos apresentadores Marcio Ribeiro e Cida de Roussan.

Montreal na Real vai ao ar todas as terças-feiras às 17h30 (horário de Montreal) no 102,3 FM Radio Centre-Ville.

Clique no play para ouvir ou em download para baixar a versão mp3 do podcast.

Aplicativos para você ouvir o Montreal na Real no seu Smartphone:

Android

IOS

Assine nosso feed no Itunes e ajude-nos a continuar criando conteúdo, compartilhando, indicando para seus amigos e nos dando uma avaliação positiva no Itunes

 

Reproduzir

Textos relacionados

Devo ou não imigrar? Essa é a pergunta de um milhão de dólares. Segundo o prodigioso instituto Data-Marcio, cerca de 90% das pessoas que já estão em terras canadenses, com seus vistos de residente permanente, já ouviram essa pergunta de parentes, amigos, estranhos e talvez até de inimigos. Não é verdade? Recentemente com toda a conjuntura que nosso Brasil atravessa...
(Opinião) Conheça a estação de ski de Bromont Nosso amigo e colaborador Eduardo Fonseca destrinchou a estação de ski de Bromont, que fica a cerca de uma hora e meia de Montreal e é uma excelente opção de diversão para iniciantes e avançados nesse esporte de inverno. Leia a opinião deste verdadeiro caçador de montanhas geladas pelo mundo Por Eduardo Fonseca Arraes Descobri o snowboard pel...
#78 – Último programa: a terceira fase da im... Tudo tem começo e fim. E com o sentimento de missão cumprida por termos ajudado a quem sonha visitar ou imigrar para as Terras Geladas do Canadá, Montreal na Real se despede da Radio Centre-Ville depois de quase dois anos de programas semanais.  Os motivos da nossa despedida e os planos para o futuro você fica sabendo no começo dessa edição, que ab...
O QUE ESPERAR DO INVERNO 2017 NO QUÉBEC? Parque Olímpico de Montreal em temporada de neve. O site Météo Média www.meteomedia.com uma referência por aqui. Se você respondeu frio e neve, bom, parece óbvio. Mas o inverno aqui é um pouquinho mais complexo.  E se para nós brasileiros acostumados a havainas e água de coco tudo no norte se resume a uma paisagem branca, para eles não. Se ...

Sobre o autor

montrealnareal

Facebook Twitter

A vida como ela é no lado francês do Canadá! Programas de rádio, vídeos, textos, produzidos por jornalistas, como participação de especialistas! No ar desde julho de 2014.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.