Agenda

Le Village Mammouth: diversão garantida para os pequenos e iniciantes no ski

Por Marcio Ribeiro

Montreal é conhecida pelo vasto calendário durante seu rigoroso inverno para fazer o povo sair de casa mesmo com temperaturas negativas. Um dos eventos mais populares desse ano é o Village Mammouth, instalado na Esplanade Financière Sun Life (Montréal, QC H1V 3N7), praticamente embaixo do Stade Olympique (estação Pie-IX do metrô). O local, com entrada grátis, aproveita o charme da neve para tentar agradar adultos e crianças, mas no meu ponto de vista, se sai melhor com os baixinhos. Os iniciantes na prática do ski também vão gostar mais que os mais experientes. Mas não deixa de ser um despretensioso bom passeio para todas as idades e níveis de habilidade com as lâminas nos pés.

DSC_0395

Delicioso gauffre de Nutella ou chocolate a $3,50

O local é montado como uma espécie de pequena vila. Logo na entrada, vemos uma glissade (anunciada como gigante no site oficial, mas é tão pequena que só serve para as crianças), algumas cabaninhas, com DJ tocando o dia todo, locais para fazer um lanche (recomendo o gauffre de Nutella, o melhor que já comi), lojinhas com produtos locais, locação de patins, área para se aquecer ao ar livre e uma área de convivência, para reunir amigos, bater papo e tirar fotos, já que é bem agradável e tem o imponente Estádio Olímpico ao fundo como cartão postal.

DSC_0391

Uma estrutura em forma de igloo serve para aquecer quem passou mais tempo do lado de fora e como ponto de apoio para calçar os patins, descansar e guardar bolsas e sapatos nos armários gratuitos (desde que você tenha um cadeado, se não, pode alugar). Para patinar e descer na glissade, o preço cobrado é de  3 dólares por pessoa, taxas inclusas. O pacote com os dois sai a 4,35+taxas. Para saber os valores de aluguel dos equipamentos, clique aqui.

DSC_0387DSC_0386

A área de patinação segue o tamanho oficial usado nos jogos de hockey da NHL. Mas o que foi o chamariz na campanha de marketing do evento acabou se provando uma pequena decepção. Se você já está acostumado  a patinar e conhece os patinoires do Vieux-Port, Lac aux Castors e dos parques Maisonneuve e La Fontaine, vai achar o da Vila do Mamute bem pequeno. Não chega a ser ruim. O gelo é de boa qualidade, bem tratado e o local não deixa de ser uma boa opção para patinar ao ar livre enquanto os demais ainda não estão em pleno funcionamento. Além disso, é um lugar bonito, barato e de fácil acesso para uma tarde/noite se divertindo com grupo de amigos. E se você é iniciante, este é um bom lugar para aprender e levar seus tombos com mais tranquilidade do que os outros, que geralmente abrigam patinadores de todos os níveis e velocidades cruzando a pista.

Maiores informações: Villagemammouth.com

DSC_0394

Textos relacionados

Montreal é um paraíso para nerds e geeks Montreal é conhecida por ser uma cidade bilíngue, cheia de diversidade, com belos parques e paisagens, festivais e, principalmente, multicultural. Mas o que muita gente não sabe é que a cidade tem um lado nerd/geek muito forte. Montreal é o quinto maior centro de desenvolvimento de jogos do mundo. Vocês podem ler mais sobre a indústria de games aqu...
#66 – Entendendo os bancos no Canadá Como iniciar um histórico de créditos no Canadá e qual a importância dele para seu dia-a-dia? Quais as diferenças do sistema bancário brasileiro e canadense? Como funciona o "Serasa"daqui e como limpar o nome sujo? O que você precisa saber para não cair numa fraude? Quais as maneiras mais seguras de enviar dinheiro entre os dois países? É possível ...
#74 – O que fazer no verão 2016 ao som do Tu... Pelo segundo ano trazemos para vocês um guia das principais atrações do verão de Montreal, com muitas atividades grátis, passeios em família, festivais, os famosos terrasses e muito mais!  Esse ano, tivemos a participação mais que especial do Tupi Collective, formado pelos DJs MKS e Skambo, que está colocando o Québec para dançar ao som de música b...
#52 – Bancos alimentares, centros comunitári... O Canadá é o terceiro colocado no ranking de pessoas mais generosas do mundo, com 44% da população doando tempo às organizações sem fins lucrativos. São 16 milhões de pessoas fazendo voluntariado no país!  E o imigrante tem à sua disposição inúmeros centros comunitários que oferecem desde apoio psicológico, à ajuda na busca por emprego, orientação ...

Sobre o autor
Marcio Ribeiro

Marcio Ribeiro

Comunicador, cineasta, empreendedor, imigrante, apaixonado por Montreal.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.